8 de nov de 2010

LEMBRANÇAS

Procurei no armário empoeirado da minha alma 
e encontrei uma grande quantidade 
de sentimentos de passados já esquecidos, 
juntos havia fotos que marcaram registros de um tempos, 
cartas de amores amareladas, picadas de traças, 
pétalas de rosas secas, papelzinhos de balas, e bombons, 
e diários amarelados. Alguns semi-novos, alguns antigos...
outros eu nunca tinha usado. Vi que eu ainda tinha 
punhados de amores novos guardados
para serem ainda usados. 
Eu fiquei encantado com os meus próprios sentimentos.
Não sabia que tinha tantos, nem que seria capaz de amar, 
e que já havia desperdiçado tanto para este apreendizado! 
E que eles possuíam magnetismo magico!
Eram lindos mas eu não poderia retê-los comigo 
eu seria um egoista. Se eu ficasse com os meus sentimentos 
só para mim, eu sei que continuaria sozinho. 
Eu tinha que doá-los, para continuar minha evolução, 
e também conseguir fazer amigos. 
Lancei o Amor e me desfiz da Solidão, 
disse adeus à tristeza e me cobri de Esperanças. 
Desejei Felicidade à todos, distribuindo Alegrias.
Ensinei caminhos para o amor, Sugeri o Perdão
a Fé, pedi a Paz. Abri meu coração,falei de saudade, 
acalentei sonhos. Falei de amor, chorei, implorei 
se fui ouvido, nao sei. Despertei recordações, acreditei
no bem maior, e quando me dei conta,
eu estava rodeado de amigos!... 
Foi através do meu coração, e do meu conhecimento 
que Deus abriu as portas
para que você pudesse entrar e nele morar.

Um comentário:

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.